Ambiente e Saúde na Construção Civil: Prática d Modelo Diamante para os Projetos de Sustentabilidade

Chennyfer Dobbins Abi Rached, Ricardo Leonardo Rovai, Marcia de Mello Costa de Liberal

Resumo


Os impactos no ambiente e na saúde, vinculados à Construção Civil, tem sido tema amplamente discutido por vários países, por tudo o que acarreta. Pensando nesta necessidade este trabalho tem como objetivo apresentar uma aplicação prática do Modelo Diamante que é uma das ferramentas do gerenciamento de projetos, na gestão do projeto de demolição sustentável dos edifícios São Vito e Mercúrio. Trata-se de um estudo de caso, que permitiu a equipe de gerenciamento de projeto aplicar novas tecnologias de reciclagem de entulho, transformando-o em agregado de pavimentação, a montagem de uma unidade de processamento localmente (pequena fábrica) que permitiu ganhos significativos de frete e evitou desperdício de matérias na remoção e transporte, além de acelerar o prazo através do replanejamento, bem como conscientizar a equipe da importância sócio ambiental do projeto, dentro outros inúmeros benefícios de caráter social e ambiental.

 


Palavras-chave


Sustentabilidade; Meio Ambiente; Construção Civil.

Referências


BRASIL. Casa Civil da Presidência da República. Decreto nº 7.404, de 23 de Dezembro de 2010. Regulamenta a Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, cria o Comitê Interministerial da Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Comitê Orientador para a Implantação dos Sistemas de Logística Reversa. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03 /_Ato2007-2010/2010/Decreto/D7404.htm. Acesso em: 15 fev. 2018.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Resolução Conama nº 307, de 5 de Julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res02 /res30702.htm. Acesso em: 01.08.2018.

CUNHA, Guilherme Farias et al . Princípio da precaução no Brasil após a Rio-92: impacto ambiental e saúde humana. Ambient. soc., São Paulo , v. 16, n. 3, Sept. 2013 . Available from . access on 10 Feb. 2018. http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2013000300005.

EPSTEIN, M. Risk Management of R&D Project. Development of Analysis Model. A Systematic Approach for Early Detection of Complex Problems – (EDCP) in R&D Projects in Order to Increase Success to Enterprise. Helsinki School of Economics. Hese Prints: 2002.

EVARISTO, J. R.; VAN FENEMA, P. C. A typology of project management: emergence and evolution of new forms. International Journal of Project Management, Amsterdam, v. 17, n.5, p. 275-281, Oct. 1999.

PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Plano Municipal de Habitação da Cidade de São Paulo, PMH 2009-2024. São Paulo: Secretaria de Habitação, 2010. 150p.

SHENHAR A. J. & ARONSON, Z.H. Project Spirit and its impact on project success, in the human side of project management. PMI Global Congress, Dallas, Texas: 2011.

SHENHAR A.J. One size does not fit all projects: exploring classical contingency domain. Management Science, vol 47 number 3.

SHENHAR, A. J. & DVIR D. Toward a typological of project management. Research Policy, Vol. 25:607-632. . Long Range Planning, 53. (2002)

SHENHAR, A. J. & DVIR, D. LEVY, O. Project success: A multidimensional Strategic concept. Long Range Planning, 34. (2001)

SHENHAR, A. J. & DVIR, D. Reinventing project management: The Diamond Approach to successful growth and innovation. Boston, MA: 2007.

SHENHAR, A. J. PEERASIT PATANAKUL. What is really project strategy: the Fundamental Building Block; Project management journal. PMI. PA: 2007.

SHENHAR, A.J. & DVIR, D. Project strategy: The missed link. “Annual meeting of the academy of management, Honolulu, Hawaii: 2005.

SHENHAR, A.J. & DVIR, D. & Milosevic and Thamhain H. Linking project management with business strategy. PMI. PA: 2007.

SINDUSCON-SP. Gestão Ambiental de Resíduos da Construção Civil. São Paulo, 2005. Disponível em: http://www.gerenciamento.ufba.br/Downloads/Manual _Residuos_Solidos.pdf. Acesso em: 11 feb. 2018.


Texto completo: PDF



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional