Sustentabilidade e Políticas Públicas para o Setor Sucroenergético: Uma Análise dos Temas Abordados

Carla Grigoletto Duarte, Tadeu Fabricio Malheiros

Resumo


O setor sucroenergético é historicamente importante para a economia brasileira, e mais recentemente tornou-se importante também nas discussões sobre sustentabilidade devido ao seu potencial de gerar energia renovável e assim contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa. Para lidar com o desenvolvimento desse setor, governos estaduais e federal vêm formulando uma série de políticas públicas, relacionadas a vários temas da sustentabilidade. Nesse contexto, o objetivo deste artigo é identificar a abrangência de temas de sustentabilidade no quadro atual de políticas públicas para o setor, visando discutir quais são os temas entendidos como prioritários, e que foram implementados como políticas públicas. Os métodos incluem análise qualitativa com codificação a partir de grade de análise aberta e discussão baseada nas cinco dimensões da sustentabilidade propostas por Sachs (2007). Foram identificadas dezoito iniciativas relacionadas a dezesseis temas das áreas ambiental, social, econômica/financeira, científica/tecnológica e de planejamento de médio e longo prazo. O conjunto de políticas públicas estabelecidas indica uma atuação ampla dos governos, sendo que foram formuladas iniciativas relacionadas a diversos temas da sustentabilidade, como água, biodiversidade, saúde do trabalhador e geração de emprego e renda. O fato de terem sido elaboradas e publicadas, independentemente das motivações, pode ser visto como uma valorização desses temas pelos formuladores de política.


Palavras-chave


setor sucroenergético; sustentabilidade; políticas públicas.

Referências


Bajay, S. V., 2001. Uma revisão crítica do atual planejamento da expansão do setor elétrico brasileiro. Rev. Bras. Energ. 9, 1-7.

Bardin, L., 2011. Análise de Conteúdo, 1st ed. Edições 70, Lisboa.

BNDES, 2015a. Diretrizes e critérios ambientais para apoio ao setor de açúcar e álcool [WWW Document]. Indústria. URL http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Areas_de_Atuacao/Industria/diretrizes_acucar_alcool.html (accessed 6.8.15).

BNDES, 2015b. Programa de apoio à renovação e implantação de novos canaviais – BNDES Prorenova [WWW Document]. Programas e Fundos. URL http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/Programas_e_Fundos/Prorenova/ (accessed 6.8.15).

BNDES, 2015c. Programa BNDES de Apoio ao Setor Sucroalcooleiro – BNDES PASS [WWW Document]. URL http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Areas_de_Atuacao/Agropecuaria/pass.html (accessed 6.8.15).

Capella, A. C. N., 2004. O processo de Agenda-Setting na reforma da Administração Pública (1995-2002). Tese (Doutorado em Ciências Sociais), Centro de Educação em Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos.

Centro de Vigilância Sanitária, 2007. Programa Paulista de Vigilância à Saúde do Trabalhador do Setor Canavieiro, BEPA – Boletim Epidemiológico Paulista. CVS, São Paulo.

CEPE, 2012. Plano Paulista de Energia 2020. São Paulo.

CETESB, 2006. Norma Técnica P4.231: Vinhaça – critérios e procedimentos para aplicação no solo agrícola.

Duarte, C. G., 2013. Planejamento e sustentabilidade: uma proposta de procedimentos com base na avaliação de sustentabilidade e sua aplicação para o caso do etanol de cana-de-açúcar no Plano Decenal de Expansão de Energia. Tese (doutorado em Ciências – Programa de Pós-Graduação em Ciências da Engenharia Ambiental) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo. São Carlos, SP.

Duarte, C. G., Soriano, É., Gomes, F., Malheiros, T. F., 2013. Ensaio sobre a evolução da postura ambiental do setor sucroenergético. Rev. Bras. Ciências Ambient. 30, 1-6.

EPE, 2008. Plano Nacional de Energia 2030. MME; EPE, Brasília.

Facioli, I., 2008. Cortadores de cana mortos no setor canavieiro paulista, in: Silva, M. A. de M., Alves, F., Pereira, J. C. A. (Eds.), Agrocombustíveis: Solução? A Vida Por Um Fio No Eito Dos Canaviais. CCJ – Centro de Capacitação da Juventude; Serviço Pastoral dos Migrantes, São Paulo, pp. 19-21.

FAPESP, 2015. BIOEN-FAPESP [WWW Document]. Pesqui. para Inovação. URL http://www.fapesp.br/bioen/ (accessed 6.8.15).

Farina, E., Rodrigues, L., Sousa, E. L. de, 2013. A Política de Petróleo e a Indústria de Etanol no Brasil. Interess. Nac. 6, 64-75.

Finep, 2013. Plano Conjunto de Apoio à Inovação Tecnológica Industrial dos Setores Sucroenergético e Sucroquímico (PAISS) [WWW Document]. Programas e Linhas. URL http://www.finep.gov.br/pagina.asp?pag=programas_paiss (accessed 6.8.15).

Finep, 2014. PAISS Agrícola [WWW Document]. Programas e Linhas. URL http://www.finep.gov.br/pagina.asp?pag=programas_paissagricola (accessed 6.8.15).

Gibson, R. B., Hassan, S., Holtz, S., Tansey, J., Whitelaw, G., 2005. Sustainability Assessment: Criteria, Processes and Applications. Earthscan, London.

Goldemberg, J., 2007. Ethanol for a sustainable energy future. Science 315, 808-10. doi:10.1126/science.1137013

Governo do Estado de São Paulo, 2015. Programa de qualificação profissional [WWW Document]. O que é. URL http://www.viarapida.sp.gov.br/ViaRapida.aspx (accessed 6.8.15).

Lago, A. A. C. do, 2006. Estocolmo, Rio, Johannesburgo: O Brasil e as três conferências ambientais das Nações Unidas, 1st ed. Fundação Alexandre de Gusmão (Funag); Instituto Rio Branco (IRBr); Ministério das Relações Exteriores, Brasília.

LOGUM, 2015. O Sistema Logum [WWW Document]. Sist. Logístico Etanol. URL http://www.logum.com.br/php/sistema-logistico.php (accessed 6.8.15).

Louette, A., 2007. Compêndio para a sustentabilidade: Ferramentas de Gestão e Responsabilidade Socioambiental – uma contribuição para o desenvolvimento sustentável. WHH (Willis Harman House), São Paulo.

Louette, A., 2009. Indicadores de Nações: Uma contribuição ao diálogo da Sustentabilidade, 1st ed. WHH (Willis Harman House), São Paulo.

MAPA, 2006. Plano Nacional de Agroenergia 2006-2011, 2nd ed. MAPA/SPA, Brasília.

MAPA, 2012. Governo lança plano para a expansão da oferta de cana [WWW Document]. Notícias MAPA. URL http://www.agricultura.gov.br/vegetal/noticias/2012/02/governo-lanca-plano-para-a-expansao-da-oferta-de-cana (accessed 2.27.12).

MAPA, EMBRAPA, 2009. Zoneamento Agroecológico da Cana-de-Açúcar: Expandir a produção, preservar a vida, garantir o futuro, 1st ed, Documentos, Documentos, 110. EMBRAPA Solos, Rio de Janeiro.

Ministério da Fazenda, 2014. Setor de etanol será incluído no Reintegra [WWW Document]. URL http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2014/09/setor-de-etanol-sera-incluido-no-reintegra (accessed 6.8.15).

Ministério do Planejamento, 2014. PAC2: 10o Balanço. Ministério do Planejamento, Brasília.

Moisés, J. A., 2011. Introdução, in: Moisés, J. A. (Ed.), O Papel Do Congresso Nacional No Presidencialismo de Coalizão. Núcleo de Pesquisa de Políticas Públicas/USP e Fundação Konrad Adenauer, São Paulo; Rio de Janeiro.

Nobre, M., 2002. “Crescimento Econômico” versus “preservação ambiental”: origens do conceito de desenvolvimento sustentável, in: Nobre, M., Amazonas, M. de C. (Eds.), Desenvolvimento Sustentável: A Institucionalização de Um Conceito. IBAMA, Brasília, pp. 27-48.

Prado Jr., C., 2012. História Econômica do Brasil, 43rd ed. Editora Brasiliense, São Paulo.

Repórter Brasil, 2011. O etanol brasileiro no mundo: Os impactos socioambientais causados por usinas exportadoras, Dados. ONG Repórter Brasil, São Paulo.

Sabatier, P. A., 1991. Toward Better Theories of the Policy Process. Polit. Sci. Polit. 24, 147-156.

Sachs, I., 2004. Desenvolvimento: includente, sustentável, sustentado. Garamond, Rio de Janeiro.

Sachs, I., 2007. Estratégias de transição para o século XXI, in: Vieira, P. F. (Ed.), Rumo À Ecossocioeconomia: Teoria E Prática Do Desenvolvimento. Cortez Editora, São Paulo.

Schlesinger, S., Ortiz, L., Moreno, C., Bermann, C., Assis, W. F. T., 2008. Novos caminhos para o mesmo lugar: a falsa solução dos agrocombustíveis, 1a ed. Núcleo Amigos da Terra Brasil, FASE, Terra de Direitos, Porto Alegre.

Searchinger, T., Heimlich, R., 2015. Avoiding Bioenergy Competition for Food Crops and Land, Installment 9 of Creating a Sustainable Food Future.

Secretaria de Estado da Saúde, 2008. Plano Estadual de Saúde 2008-2011. São Paulo.

Serafim, M. P., Dias, R. D. B., 2012. Análise de política: uma revisão da literatura. Cad. Gestão Soc. 3, 121-134.

SGPR, 2009. Compromisso Nacional para Aperfeiçoar as Condições de Trabalho na Cana-de-Açúcar. Secretaria Geral da Presidência da República, Brasília.

Silva, M. A. de M., 2008. Agrocombustíveis: solução? A vida por um fio no eito dos canaviais, 1st ed. CCJ – Centro de Capacitação da Juventude; Serviço Pastoral dos Migrantes, São Paulo.

SMA, 2011. Projeto Estratégico Etanol Verde. Resultado das Safras [WWW Document]. URL http://www.ambiente.sp.gov.br/etanolverde/resultadoSafras.php (accessed 3.2.11).

SMA, 2012. Zoneamento Agroambiental para o Setor Sucroalcooleiro [WWW Document]. URL http://www.ambiente.sp.gov.br/etanolverde/zoneamentoAgroambiental.php (accessed 7.18.12).

SMA, 2015. Zoneamento Agroambiental para o Setor Sucroalcooleiro [WWW Document]. Proj. Etanol Verde. URL http://www.ambiente.sp.gov.br/etanolverde/zoneamento-agroambiental/ (accessed 6.8.15).

SMA, SAA, ORPLANA, 2008. Protocolo Agroambiental: fornecedores.

SMA, SAA, UNICA, 2007. Protocolo Agroambiental.

Souza, C., 2006. Políticas Públicas: uma revisão da literatura. Sociologias 16, 20-45.

Szwarc, A., 2011. Novos produtos e novos usos da cana. UNICA, Guarujá.

UNICA, 2009. Compromisso Trabalhista para a cana-de-açúcar é anunciado com mais de 75% de adesão. Notícias UNICA.

UNICA, 2012. Programa Via Rápida: usinas sucroenergéticas requalificam 570 funcionários em Catanduva. UNICA Notícias.

UNICA, 2014a. Redução de ICMS sobre o etanol trará ganhos expressivos para São Paulo, diz UNICA [WWW Document]. Notícias UNICA. URL http://www.unica.com.br/noticia/2778178692036840550/reducao-de-icms-sobre-o-etanol-trara-ganhos-expressivos-para-sao-paulo-por-cento2C-diz-unica/ (accessed 6.8.15).

UNICA, 2014b. Em meio à maior crise de sua história, produtores de cana-de-açúcar aguardam conclusão das políticas públicas em benefício do setor [WWW Document]. UNICA Notícias. URL http://www.unica.com.br/imprensa/37475625920343378786/em-meio-a-maior-crise-de-sua-historia-por-cento2C-produtores-de-cana-de-acucar-aguardam-conclusao-das-politicas-publicas-em-beneficio-do-setor/ (accessed 6.8.15).

UNICA, 2015. Câmara dos Deputados relança Frente Parlamentar pela Valorização do Setor Sucroenergético [WWW Document]. Imprensa – 07/05/2015. URL http://www.unica.com.br/imprensa/2595009592038663351/camara-dos-deputados-relanca-frente-parlamentar-pela-valorizacao-do-setor-sucroenergetico (accessed 6.8.15).

Vergara, S. C., 2006. Métodos de Pesquisa em Administração, 2nd ed. Atlas, São Paulo.

Vilela, R. A. de G., Santos, S. A. dos, Silva, A. J. N. da, Almeida, I. M. de, 2014. Experiência de vigilância no setor canavieiro: desafios para interromper a “maratona” perigosa dos canaviais. Cien. Saude Colet. 19, 4659-4668. doi:10.1590/1413-812320141912.12912014


Texto completo: PDF



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000