v. 3, n. 2 (2014)

Maio - Agosto

Editorial, v.3, n.2 (2014)

Caros leitores,

 

É com satisfação que publicamos a segunda edição do ano de 2014 da Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – Revista GeAS.  a Revista GeAS tem como objetivo estabelecer um vínculo entre a academia e a sociedade por meio da publicação de artigos científicos derivados de pesquisas na área de Gestão Ambiental e Sustentabilidade.

Destaca-se o grande número de submissões de artigos de qualidade e conteúdos investigativos de relevância que a Revista GeAS recebe periodicamente. Esta demanda justificou a periocidade quadrimestral com que a revista é publicada a partir deste ano.

A presente edição da Revista GeAS contempla um conjunto de dez artigos selecionados por meio da avaliação por pares em sistema blind review a  partir do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas – SEER. Os artigos discutem temas relacionados a aspectos e impactos ambientais, auditoria ambiental, legislação ambiental, indicadores de sustentabilidade, inovação sustentável, entre outros.

O primeiro artigo intitulado “Análise Prospectiva e Crítica do Território de Araquari: Relação dos Critérios de Sustentabilidade e do Plano Diretor Municipal com o Desenvolvimento Territorial Sustentável”, dos autores Andrey Freitas da Silva, Maurício Fernandes Pereira, trata da análise prospectiva e crítica do território de Araquari (Santa Catarina), de acordo com os critérios de sustentabilidade de Ignacy Sachs e com o Plano Diretor Municipal no campo do desenvolvimento territorial sustentável.

O segundo trabalho “Avaliação do Efeito das Estratégias de Gestão Ambiental sobre o Desempenho Financeiro de Empresas Brasileiras”, dos autores Gabriel Aguiar De Araújo, Marcos Cohen, Jorge Ferreira da Silva, tem como objetivo compreender as práticas ambientais adotadas por empresas brasileiras e verificar se elas influenciam seus desempenhos financeiros.

No artigo “Desenvolvimento Sustentável e Insolvência: Um Estudo de Empresas Brasileiras”, dos autores Luis Fernando Salles Moraes, Luiz Carlos Jacob Pereira, Marco Antonio Figueiredo Milani Filho, Roberto Borges Kerr ,  foi realizada uma comparação  entre a probabilidade de insolvência das empresas que compõem o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) com a probabilidade de insolvência das demais empresas da BM&FBOVESPA.

Na sequência, o estudo “O Uso da Água na Mineração: uma Análise da Produção Científica Internacional”, dos autores Roberto Schoproni Bichueti, Lucia Rejane da Rosa Gama Madruga, Clandia Maffini Gomes, Luciana Aparecida Barbieri da Rosa, tem como objetivo identificar as principais características da produção científica internacional relacionada a esta temática nos últimos dez anos. Para isto, desenvolveu-se um estudo bibliométrico, por meio da base de dados Web of Science, relacionando os termos “Água” (water) e “Mineração” (mining), no período entre 2003 e 2012.

No trabalho “Matriz de Aspectos e Impactos Ambientais como Ferramenta de Evidenciação de Contingências Ambientais”,  os autores Diene Hellmann Pereira, Luiz Felipe Ferreira, Maíra Melo de Souza, Denize Demarche Minatti Ferreira  buscam verificar como uma matriz de aspectos e impactos ambientais pode contribuir para a evidenciação contábil das contingências ambientais em postos revendedores de combustíveis.

No artigo “Inclusão de Práticas Ambientais nas Auditorias Realizadas no Âmbito de uma Instituição Federal de Educação”, os autores Lilian Campagnin Luiz, Luiz Alberton, Fabricia Silva da Rosa, Elisete Dahmer Pfitscher,  têm como  objetivo investigar a realização de auditorias ambientais em uma instituição federal de educação.

Na sequência, o artigo “Uso dos Indicadores Essenciais da GRI nos Relatórios das Empresas dos Setores de Petróleo, Gás e Biocombustível e de Utilidade Pública no Brasil”, dos autores  Lilian Campagnin Luiz, Luiz Alberton, Fabricia Silva da Rosa, Elisete Dahmer Pfitscher,  busca verificar o grau de aderência plena e de evidenciação efetiva das empresas aos indicadores de relatórios de sustentabilidade elaborados pela versão G3 das diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), com ênfase na transparência, qualidade e confiabilidade. Foram estudados os setores de petróleo, gás e biocombustível e de utilidade pública no Brasil.

O oitavo artigo, intitulado “Indicadores de Sustentabilidade como Instrumentos de Gestão: uma Análise da GRI, ETHOS e ISE ”, dos autores Eduardo Augusto da Silva, Otávio Bandeira De Lamônica Freire, Filipe Quevedo Pires de Oliveira e Silva,  tem como foco analisar se os principais modelos e guias de avaliação das ações corporativas podem ser seguramente utilizados como critérios efetivos de certificação nos âmbitos da responsabilidade social corporativa (RSC) e da sustentabilidade, sem configurar estratégias reducionistas de promoção da imagem institucional e mercadológica.

No estudo “Inovação em Produtos Sustentáveis: Análise Intercultural de Equipes Binacionais”, os autores Cleber José Cunha Dutra, Adriana Avelino Mazza, Leonardo Mendes Lacerda de Menezes  buscam discutir se as diferenças culturais entre os membros alemães e brasileiros de equipes de trabalho podem representar riscos ou vantagens para o desenvolvimento de produtos inovadores.

Finalmente, o último  artigo desta edição, intitulado “Interface entre e Legislação Ambiental e as Estratégias de Inovações Organizacionais: O Caso de duas Empresas do Setor de Papel e Celulose”,  dos autores Carla Marlana Rocha, Marlete Beatriz Maçaneiro, tem como propósito fomentar a discussão acerca da influência da legislação ambiental sobre as estratégias de inovação adotadas pelas empresas com vistas a prevenir e/ ou controlar os impactos ambientais decorrentes de suas atividades produtivas.

Agradecemos a contribuição de todos os profissionais envolvidos nesta edição: pareceristas, revisores normativos e assistentes editoriais, como também os autores que submeteram os seus artigos e que escolheram a Revista GeAS como canal cientifico de divulgação para as suas pesquisas.

 

Ótima leitura a todos!

 

Editora Cientifica

Profa. Dra. Claudia Terezinha Kniess

 

Editor Adjunto

Prof. Dr. Pedro Luiz Côrtes

Sumário

Artigos

Análise Prospectiva e Crítica do Território de Araquari: Relação dos Critérios de Sustentabilidade e do Plano Diretor Municipal com o Desenvolvimento Territorial Sustentável PDF
Andrey Freitas da Silva, Maurício Fernandes Pereira 01-15
Avaliação do Efeito das Estratégias de Gestão Ambiental Sobre o Desempenho Financeiro de Empresas Brasileiras PDF
Gabriel Aguiar De Araújo, Marcos Cohen, Jorge Ferreira da Silva 16-38
Desenvolvimento Sustentável e Insolvência: Um Estudo de Empresas Brasileiras PDF
Luis Fernando Salles Moraes, Luiz Carlos Jacob Perera, Marco Antonio Figueire do Milani Filho, Roberto Borges Kerr 39-57
O Uso da Água na Mineração: Uma Análise da Produção Científica Internacional PDF
Roberto Schoproni Bichueti, Lucia Rejane da Rosa Gama Madruga, Clandia Maffini Gomes, Luciana Aparecida Barbieri da Rosa 58-73
Matriz de Aspectos e Impactos Ambientais como Ferramenta de Evidenciação de Contingências Ambientais PDF
Diene Hellmann Pereira, Luiz Felipe Ferreira, Maíra Melo de Souza, Denize Demarche Minatti Ferreira 74-91
Inclusão de Práticas Ambientais nas Auditorias Realizadas no Âmbito de uma Instituição Federal de Educação PDF
Lilian Campagnin Luiz, Luiz Alberton, Fabricia Silva da Rosa, Elisete Dahmer Pfitscher 92-112
Uso dos Indicadores Essenciais da GRI nos Relatórios das Empresas dos Setores de Petróleo, Gás e Biocombustível e de Utilidade Pública no Brasil PDF
Silvana karina de Melo Travassos, José Isidio de Freitas Costa, Welton Evaristo da Silva, Mônica de Lima Araújo 113-129
Indicadores de Sustentabilidade como Instrumentos de Gestão: Uma Análise da GRI, Ethos E ISE PDF
Eduardo Augusto da Silva, Otávio Bandeira De Lamônica Freire, Filipe Quevedo Pires de Oliveira e Silva 130-148
Inovação em Produtos Sustentáveis: Análise Intercultural de Equipes Binacionais PDF
Cleber José Cunha Dutra, Adriana Avelino Mazza, Leonardo Mendes Lacerda de Menezes 149-164
Interface entre a Legislação Ambiental e as Estratégias de Inovações Organizacionais: O Caso de duas Empresas do Setor de Papel e Celulose PDF
Carla Marlana Rocha, Marlete Beatriz Maçaneiro 165-178


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional